Mudanças climáticas aumentam potencial carcinogênico dos raios UV






Apesar de preocupantes, efeitos do clima na saúde ainda não ganharam a devida atenção, segundo pesquisadora.







A exposição aos raios UV é a principal causa do câncer de pele. Ainda assim, estudos são inconclusivos ao relacionar as mudanças climáticas com o aumento dos casos da doença. “O que se sabe é que a cada aumento de 1°C na temperatura, aumenta o risco em 5% do potencial carcinogênico dos raios UV”, informou a pesquisadora científica do Hospital das Clínicas, Mariana Matera Veras, em Reunião Estratégia de Câncer de Pele e Melanoma, realizada pelo Instituto Lado a Lado.
O dado preocupa, já que as previsões indicam um aumento na temperatura do planeta de até 4,8°C nos próximos 80 anos. Ainda assim, as implicações das mudanças climáticas na saúde não têm ganhado a atenção merecida, segundo a pesquisadora. “O que a gente ouve são os impactos econômicos e físicos do problema. Pouco se ouve sobre a saúde”.
Além deste dado, Mariana explicou que o aumento da temperatura no planeta também acarretou mudanças comportamentais que intensificaram a exposição ao sol. “Para fugir do calor, a pessoas tendem a ir para o parque, para a piscina, para a praia e isso provoca uma exposição aumentada. Se ela não tiver o cuidado de usar o protetor,vai ter um risco maior da incidência de câncer de pele.”
Um relatório da Sociedade de Dermatologia também faz um alerta a respeito das recomendações e cuidados com o sol. “O Brasil está localizado em uma região próxima ao equador e nessas regiões a camada de ozônio é mais fina e a incidência dos raios solares é mais perpendicular, o que aumenta a ação dos raios UV e a exposição.” De acordo com a dermatologista, “algumas recomendações que são feitas para países de latitude mais distante talvez não sejam tão válidas para o nosso país”.
Aplicativo para prevenção
Para ajudar na proteção, a Sociedade de Dermatologia do Rio de Janeiro criou um aplicativo de celular que mostra o nível de exposição aos raios ultravioleta em cada cidade do país ao longo do dia. O app gratuito também indica o fator de proteção e as medidas mais adequadas para cada tom de pele, histórico familiar e pessoal. 
Rodape

Saúde

.