Ovo de codorna é bem mais nutritivo que ovo da galinha: saiba por que e como consumir




Sabe aqueles ovinhos de codorna que muita gente não dispensa no bufê de comida? Além de serem uma escolha ideal para quem quer manter o peso, têm outra vantagem pouco conhecida: são muito mais nutritivos que os ovos de galinha. Por isso, trocar os tipos de ovos pode trazer mais benefícios para a sua saúde do que você imagina se, claro, você preparar da forma ideal. Aprenda como consumir e quais são os valores nutricionais comparados entre o ovo de codorna e o de galinha.

Valor nutricional do ovo: codorna x galinha 

Fontes de proteína, vitamina A e do complexo B, cálcio e minerais como manganês, potássio, ômega 3, ferro e fósforo, o ovo de codorna e o de galinha podem ser aliados em uma alimentação balanceada e saudável. A diferença é que o ovo de codorna é até mais nutritivo do que o ovo de galinha por ser considerado mais “concentrado”. Vitaminas como o ferro, o potássio e a vitamina B1 se encontram em maior concentração nos ovos de codorna do que nos de galinha.
“Além disso, possui uma proporção de gema maior que de clara, e é na gema que temos os nutrientes”, destaca a nutricionista funcional, especialista em reeducação alimentar e fitoterapia em nutrição Regina Moraes Teixeira.
Veja a comparação nutricional entre os dois tipos:

Ovo engorda? 

A profissional explica que, comparando os valores nutricionais dos alimentos, o ovo de codorna tem mais calorias (100 g tem 177 calorias, enquanto 100 g ovo de galinha tem 143 calorias) – mas, isso não é motivo para considerar o tipo como um vilão na perda de peso.
“A diferença é muito pequena e depende muito da forma de cozimento do ovo de galinha. Ele cozido em água tem cerca de 77 kcal; o mesmo ovo frito terá 128 kcal”, destaca Regina.
Portanto, o modo de preparo do ovo é que determina se ele será mais calórico ou não.
“Não há um único alimento que engorda ou deixa de engordar. Temos que ter em mente que uma alimentação diária precisa ser equilibrada, contendo nutrientes para nutrir nossas células de forma ideal”.

Aumenta o colesterol ruim? 

Apesar do índice alto de colesterol presente no ovo de codorna, Regina explica que esse fator não interfere no aumento do colesterol ruim no sangue.
"Não é o colesterol ingerido através dos alimentos, e sim produzido pelo nosso próprio organismo que faz com que o colesterol seja alto. O ovo contém lecitina, responsável justamente por interferir na absorção do colesterol e impedir que ele seja captado pelo intestino. Com isso, se diminui o nível de colesterol no sangue, exatamente o contrário do que se pensava anteriormente”.

Quantos comer por dia 

O ovo de galinha é mais barato que o de codorna
De acordo com a nutricionista, o consumo de um ovo de galinha equivale a cinco ovos de codorna. Mas, no aspecto economia, compensa mais comer o de galinha, já que 5 ovos de codorna custam, em média, R$ 1,45, enquanto um de galinha sai por R$ 0,50.
É importante que você procure um nutricionista para saber quais são suas necessidades diárias nutricionais e como incluir o ovo da melhor forma em sua dieta.

Como preparar ovos de codorna 

A orientação é que os ovos sejam cozidos, o que os torna menos calóricos. Se você os prefere da forma frita, troque o óleo ou manteiga por água. Coloque água na frigideira e, quando ferver, quebre o ovo dentro da frigideira.
Também é possível fazer ovo de codorna mexido sem gordura nenhuma: basta que o antiaderente da frigideira seja de boa qualidade e que ela esteja bem aquecida.
“Omelete também é uma excelente opção. Recheie com abobrinha ou espinafre, assim se tornará mais nutritiva”, destaca a nutricionista. “Ao invés de fritar, asse: misture os ovos e coloque em uma assadeira untada e enfarinhada no forno”.

Bolsa de Mulher