Pular para o conteúdo principal

8 alimentos que fazem toda diferença para a saúde da mulher


Alimentos indispensáveis para a saúde da mulher© Anna Omelchenko/Thinkstock/Getty Images Alimentos indispensáveis para a saúde da mulher
Manter uma alimentação balanceada é importante para todo mundo, independente do gênero, e isso todo mundo sabe. Quase tudo que você puder pensar como "saudável" tem algum benefício efetivo para a sua saúde, mas existem alguns ingredientes que trazem grandes vantagens para as mulheres. A nutricionista do Mundo Verde, Priscila Teles, explica como o consumo desses alimentos podem fazer toda a diferença para o bom funcionamento do organismo e também o fortalecimento do sistema imunológico da mulher. Afinal, não custa nada tentar dar uma equilibrada na comida no dia a dia, né?

1. Soja

soja© Pixabay soja
Sim, esse é um item indispensável no cardápio de vegetarianas e veganas - e ele tem seus bons motivos! Ela é rica em isoflavonas, que ajuda, principalmente, durante o período da menopausa. Ajuda a reduzir os sintomas indesejados, regulando as alterações hormonais e combatendo as temidas e famosas ondas de calor.
Além disso, a soja também atua em favor da redução dos sintomas da TPM, no combate ao câncer de mama, doenças cardiovasculares, osteoporose,Alzheimer e diabetes. A nutricionista explica que o consumo de 30g diários já garantem os benefícios.

2. Chocolate amargo

chocolate meio amargo© Thinkstock/Getty Images chocolate meio amargo

Às chocólatras de plantão, uma notícia maravilhosa e muito esperada: o delicioso quadradinho que tanto amamos tem, sim, benefícios para a saúde. Claro que as versões ao leite não são as mais indicadas, pois é preciso uma alta concentração de cacau (70% por exemplo) para usufruir dos benefícios.
Assim como o vinho, o chocolate pode diminuir os riscos de doenças cardiovasculares e também de câncer. E você sabia que o bom motivo para a ânsia do doce nos dias de TPM é porque ele controla a ansiedade?

3. Linhaça

Linhaça© Thinkstock/Getty Images Linhaça
Há muito tempo defendida como a queridinha das dietas fitness, a semente de linhaça é uma boa alternativa de consumo para obter ômega 3, substância aliada do "bom colesterol". Isso porque ela não só reduz os níveis de LDL (o "ruim"), mas ainda controla as ondas de calor, favorece o rejuvenescimento, a perda de peso e o funcionamento do intestino.
A nutricionista indica consumir de uma a duas colheres (sopa) por dia,combinados com outros alimentos ou bebidas.

4. Salmão

salmao© Flickr salmao
Pode curtir o seu japa sem preocupações: esse peixe é rico em ômega 3, vitamina D, B12, A, B3, B5 e ferro! Considerado um dos melhores ingredientes do mundo, Priscila indica incluí-lo na dieta sem medo. Tem substâncias que auxiliam na prevenção contra inflamações, doenças cardíacas, AVCs (acidentes vasculares cerebrais), regula os níveis de colesterol e também de cálcio na sangue.

5. Leites e derivados

Assim como o ovo, possui proteínas e vitamina B12.© Getty Images Assim como o ovo, possui proteínas e vitamina B12.
Ainda que seja um tema controverso, o leite continua sendo uma das melhores fontes de cálcio disponíveis, que é indispensável para saúde dos ossos e dentes. E ainda é apontado por estudos como um fator importante no processo de emagrecimento por ter ação reguladora da fome e da queima de calorias.
Outra vantagem são os probióticos contidos nos derivados: eles são os responsáveis pela flora intestinal saudável, que é bem importante para o sistema imunológico por sua vez. A dica de Priscila é evitar versões integrais, que são mais gordurosas, bem como os queijos amarelos.

6. Berries (mirtilo, morango, framboesa, cranberry e goji berry)

Goji Berry© Alex Silva Goji Berry
Além de serem lindas e absolutamente deliciosas, as berries têm muitas vantagens para a saúde feminina. São ricas em antioxidantes e flavonoides, os responsáveis por amenizar os danos (da poluição, idade e estresse, por exemplo) no organismo, prevenindo o envelhecimento celular e sendo até boas aliadas na redução da celulite.
Para quem tem problemas crônicos de infecção urinária, o cranberry é uma das melhores formas naturais de combatê-los. Se a framboesa é a sua praia, fique sabendo que 1 xícara (chá) contém metade da quantidade diária de manganês, substância essa importantíssima para o bom funcionamento do cérebro e de funções nervosas, saúde óssea e articular.
A quantidade indicada é de 3 a 4 porções por semana.

7. Oleaginosas

Contêm selênio e zinco, que também favorecem a fertilidade.© Getty Images Contêm selênio e zinco, que também favorecem a fertilidade.
Provavelmente você já ouviu dizer que as castanhas de todos os tipos são boas para a sua saúde. Com a vantagem de ser um lanchinho delicioso e prático, elas contêm nutrientes importantes como fibras, gorduras boas, proteínas e minerais diversos (selênio, zinco e magnésio). Esses nutrientes combatem as inflamações do organismo, garantindo um melhor funcionamento das células e a consequente redução do acúmulo de gordura.
Dica: mantenha um pote de oleaginosas picadas em sua geladeira, e polvilhe uma colher de sopa em cereais, saladas, frutas ou iogurte.

8. Vegetais verde-escuros

Salada de folhas verdes© Fornecido por Abril Comunicações S.A. Salada de folhas verdes
É, não era historinha da sua mãe para te fazer consumir mais folhas, legumes e verduras não. A questão das cores é que esses tipos - couve, espinafre, rúcula e agrião, por exemplo - possuem grandes quantidades de vitaminas (A, C, K) e ácido fólico, atuando maravilhosamente por todo nosso corpo, incluindo a pele, olhos, unhas, músculos, sangue e ossos.
Como se não fosse suficiente, eles também combatem os radicais livres, o estresse, protegem o coração e transformam qualquer prato em algo mais saudável. Experimente incrementar suas sopas, saladas e aperitivos!