O RELATO DA ANELISE E TRANÇAS BOX BRAIDS

Cats, vocês conhecem a Analise da página Se Minhas Muletas Falassem? Ela conta sobre o crescimento do cabelo dela e a sua experiência com as Tranças Box Braids.
“Meus cabelos começaram a crescer com vinte dias após a ultima quimioterapia, se não me emgano. Não sei se foi pela genética ou por todas as gambiarras que eu fiz para estimula-lo, mas ele teve um bom crescimento desde então. Hoje estou ha um ano e um mês sem quimioterapia. Meus fios tem um pouco mais de 15cm. Nesse meio tempo eu já “aparei” as pontas duas vezes (só vou aparar de novo quando estiver batendo no joelho, porque os cabeleleiros adoram uma tesoura, não é mesmo? 😂 ‪#‎brinc‬).
Dentre as coisas que eu fiz para ajudar no crescimento dos fios (creio eu que até já falei sobre isso aqui no blog) foi massagem na carequinha com óleos 100% vegetais (meus preferidos são o azeite de oliva e óleo de côco, ambos extra virgens) e usei alguns fármacos, como tônicos capilares e vitaminas especificas, tudo liberado pela minha médica oncologista e indicado por um dermatologista.
Além disso também usei o famosinho “shampoo bomba” de café, que nada mais é do que colocar guaraná em pó ou pó de cafeína no seu shampoo neutro de forma a dar mais uma estimulada no couro cabeludo durante o processo de higienizacao. Na falta desses componentes, eu usei o pó de café de cozinha mesmo, que tambem ajuda, mas nao tanto quanto usar os ingredientes certos, claro. Rs
Com os fios já grandinhos e fortes comecei a seguir a técnica No/Low poo (onde o foco é deixar os cabelos naturais, evitando usar produtos que contenham certos ingredientes agressivos e acumulativos nos fios). Venho fazendo Cronograma Capilar e tenho obtido excelentes resultados.
Pode parecer besteira ou excesso de vaidade, mas só quem já passou por um tratamento quimioterapico (duas vezes, no meu caso) e perdeu os cabelos, é quem sabe o que é a empolgação de ver os cabelos crescendo novamente, a alegria de poder cuidar deles, dessa vez com muito mais amor, porque aprendemos a valorizar muito mais nosso corpo.
Eu acho que, durante esses 27 anos de vida, eu tive os cabelos mais curtos do que longo. É super lindo um curtinho sim. Super estiloso… Mas esses dias eu estava numa ansiedade tremenda para meus fios crescerem logo. Sabe o que é acordar e a primeira coisa a se fazer é olhar o couro cabeludo no espelho? Hahaha
Foi aí que descobri as tranças Box Braids, e achei nelas uma forma de aliviar essa ansiedade do crescimento. Fui super incentivada por uma amiga que já usa e fiz milhares de pesquisas para ter certeza de que as tranças nao seriam agressivas para meus cabelinhos novos pós quimio.
As trancas sao feitas com aplique, tipo mega, para dar essa alongada que vocês estão vendo na foto. Podem ser feitas com cabelo natural ou sintético. Eu estou usando a fibra kanekalon, castanho escuro com loiro. Mas indico para pacientes oncológicos como eu, que também queiram fazer, a usar a fibra Jumbo ou linha/lã, que é mais leve.
É sempre bom se informar bem direitinho antes de fazer, tanto sobre o material a ser usado, o profissional que vai fazer, quanto a forma de cuidar, assim voce nao corre riscos de perder seus fios novos e nem seu suado dinheirinho. Rs
Se tiverem alguma dúvida ou quiserem saber mais alguma coisa, podem perguntar nos comentários. ♡
Fico por aqui.
Mega beijos!”
IMG-20151213-WA0018IMG-20151213-WA0015IMG-20151213-WA0014IMG-20151213-WA0017
O que são as tranças Box Braids?
As tranças Box Braids são tranças sintéticas que são trançadas juntamente com o seu cabelo natural a partir da raiz (tem que haver no mínimo 5cm de cabelo natural pra que possam ser colocadas) e então você pode escolher o tamanho e a cor de sua preferência.

Prós: 

– Estimula o crescimento do cabelo.
– Ajuda na transição capilar.
– Muda o visual
– É muito prático. (Você já acorda pronta)

Contras:

– Esquenta bastante
– Pesa um pouco e aperta o couro cabeludo no início
– Aumenta a oleosidade do couro cabeludo.
– Se não tiver cuidado, pode danificar o cabelo.
Trança também é cultura!
Além de deixarem você ainda mais bonita, as tranças trazem uma herança cultural muito importante para o seu estilo. Nas tribos africanas, elas ajudavam a distinguir seus ocupantes. “Um tipo de penteado podia dizer se uma mulher era casada ou até mesmo identificar o líder da tribo”. O cabelo trançado está totalmente ligado com a cultura negra.
tranças