Alimentos que atuam na prevenção e combate ao câncer

Nutricionista recomenda alguns itens que não podem faltar no cardápio


O câncer é uma doença que se caracteriza pelo crescimento desordenado das células, que se dividem muito rapidamente, invadindo tecidos e órgãos e formando tumores que podem se espalhar para outras regiões do corpo. As causas da doença são as mais variadas possíveis, podendo ser externas ou internas ao organismo. Dados do (INCA) Instituto Nacional de Câncer estimam mais de 576 mil casos novos de câncer no Brasil, somente neste ano.
A coordenadora de nutrição da Rede Mundo Verde, Flavia Morais, explica que alguns tipos de alimentos, se consumidos regularmente, podem contribuir para um ambiente propício para o desenvolvimento de células cancerosas. “Alguns alimentos devem ser evitados ou consumidos com total moderação. Os alimentos ricos em gorduras, os defumados, os preservados em sal ou aqueles que contenham níveis significativos de agentes cancerígenos, como os nitritos e os nitratos, muito usados para conservação, constituem uma alimentação de risco”, informa.
Neste sentido, a especialista alerta para a importância da prevenção da doença, por meio de uma alimentação saudável e equilibrada, com ações similares aos medicamentos sintéticos. Confira alguns itens que não podem ficar de fora do cardápio:
- Soja e derivados: fonte de isoflavonas, protege contra várias formas de câncer, destacando-se os cânceres de mama e próstata.
- Tomate, goiaba e melancia: contém licopeno, substância antioxidante responsável pela coloração vermelha desses alimentos. Estudos comprovam a ação do licopeno na prevenção do câncer de próstata.
- Vegetais crucíferos (brócolis, couve-flor e repolho): contêm sulfarofanos, substâncias capazes de eliminar substâncias químicas responsáveis por mutações cancerígenas. Seu consumo tem sido associado a um menos risco de câncer de mama, útero, próstata, intestino, bexiga, pulmão e laringe.
- Linhaça: fonte de lignana, um fitoestrógeno de ação relacionada à prevenção de câncer de mama, colo do útero e próstata.
- Chás verde e branco: rico em compostos polifenóicos de efeito anticancerígeno. As catequinas dos chás verde e branco atuam inibindo a iniciação e o desenvolvimento de tumor (pulmão, esôfago, duodeno, pâncreas, fígado, mama e cólon).
- Uvas vermelhas, suco de uva e vinho tinto: contém altas concentrações de antioxidantes fenólicos (catequina, epicatequina, resveratrol) que são potentes agentes preventivos do câncer.
- Alho: fonte de alicina. Inibe a ação de nitrosaminas, associadas ao câncer do aparelho digestivo.
- Frutas cítricas (laranjas, limas, limões e tangerinas): fontes de vitamina C e limonóides, substâncias antioxidantes. Apresentam efeito preventivo contra o câncer.
- Probióticos: reduzem o risco de desenvolvimento de alguns tipos de câncer.
- Cúrcuma: fonte de curcumina, um potente antioxidante, que atua na prevenção do câncer, pois induz a morte das células malignas.
- Azeite de oliva extravirgem: fonte de antioxidantes fenólicos. Reduz o risco de câncer de mama e de pulmão.





Rodape