6 FILMES EMOCIONANTES

Entra ano, sai ano, a campanha do Outubro Rosa tem sempre a mesma missão: conscientizar sobre o câncer de mama. E a causa é importante. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca), essa versão da doença é a segunda mais comum entre as mulheres no Brasil e no mundo – ela representa cerca de 25% dos novos casos anuais. E as estatísticas mostram que o número de pacientes com esse tipo de tumor vem aumentando.
A melhor forma de se conscientizar sobre o câncer de mama é por meio da informação, o que pode acontecer de várias formas: conversando com especialistas, lendo reportagens sobre o tema, batendo-papo com uma mulher que teve a doença e (por que não?) vendo filmes. Isso mesmo! Várias produções já abordaram de forma correta e emocionante a luta contra essa doença.
Está a fim de preparar uma pipoca, assistir a um filminho e ainda se informar? Então confira a seleção que fizemos de longas que falam de maneira emocionante sobre o câncer de mama:
1. Já estou com saudades (Miss You Already), 2015
[EMBED WIDTH=”750″]https://www.youtube.com/watch?v=5hhWKe-hqtU[/EMBED]
Jess (Drew Barrymore) e Milly (Toni Collette) são amigas de infância. Juntas, elas passaram por poucas e boas! Milly casou cedo, teve dois filhos e se tornou uma profissional de sucesso. Já Jess decidiu levar uma vida mais calma e sem grandes emoções ao lado do marido, Jago (Paddy Considine). Mas aí as coisas começam a mudar: Jess resolve que é hora de colocar em prática o sonho de ser mãe. Só que, ao mesmo tempo, Milly descobre que tem câncer de mama e precisará de toda a atenção da melhor amiga e da família.
2. Doce Novembro (Sweet November), 2001
[EMBED WIDTH=”750″]https://www.youtube.com/watch?v=zRviAIrbOeo[/EMBED]
Os destinos de Nelson Moss (Keanu Reeves) e Sara Deever (Charlize Theron) se cruzam de forma inusitada: após uma confusão durante uma prova para tirar carteira de motorista, o executivo workaholic e a moça misteriosa se conhecem. Ao notar que ele precisa de um novo rumo em sua vida, Sara propõe que vivam juntos por um mês e, depois, se separem. Durante esse período, eles se apaixonam – e o grave câncer enfrentado por Sara é revelado a Nelson.
3. Lado a Lado (Stepmom), 1998
[EMBED WIDTH=”750″]https://www.youtube.com/watch?v=sl8t5HNDUjo[/EMBED]
Quando a fotógrafa Isabel (Julia Roberts) começa a namorar Luke (Ed Harris), ela nem imagina a briga em que está se metendo com os filhos e a ex-mulher dele, Jackie (Susan Sarandon). Durante muito tempo, Isabel fica tentando agradar a todos – a ponto de colocar em risco a sua prestigiada carreira. E é com uma notícia triste que as coisas começam a melhorar: Jackie descobre um tumor maligno na mama, o que obriga todos a superarem suas diferenças e se ajudarem.   
4. Laços de Ternura (Terms of Endearment), 1983
[EMBED WIDTH=”750″]https://www.youtube.com/watch?v=FjLFMTIDkIM[/EMBED]
A relação mãe e filha de Aurora Greenway (Shirley MacLaine) e Emma (Debra Winger) é abalada quando Emma se casa contra a vontade de sua mãe. Mas, quando o relacionamento termina, a moça restabelece o vínculo com aquela que lhe trouxe ao mundo. Porém, logo descobre que tem um câncer terminal – e é com o apoio de Aurora que ela refaz as pazes com o ex-marido e os filhos.
5. Lipstick (Why I Wore Lipstick to My Mastectomy), 2006
[EMBED WIDTH=”750″]https://www.youtube.com/watch?v=g2H4YRt3AaA[/EMBED]
Geralyn é uma jornalista de 27 anos, recém-casada, que acabou de receber duas notícias que vão mudar sua vida: uma é que ela conseguiu seu emprego dos sonhos, a outra é que foi detectado um tumor maligno em um de seus seios. Apesar do choque, Geralyn decide enfrentar a doença com muito bom humor – e com um lindo batom vermelho, que se torna símbolo de seu otimismo.  
6. De Volta Às Quadras (The Hot Flashes), 2013
[EMBED WIDTH=”750″]https://www.youtube.com/watch?v=qadn8xSJ0zE[/EMBED]
Um grupo de mulheres de meia-idade que eram jogadoras de basquete na época da escola decide retornar às quadras por uma boa causa: arrecadar dinheiro para a prevenção do câncer de mama. Essa missão, contudo, promete ter muita competição com as garotas do atual time do colégio – e muita diversão, é claro! 
Fonte: M de Mulher