Intestino preso e diarreia intercalados é sinal de perigo à saúde: saiba o que pode ser

Assim como a constipação e a dificuldade em evacuar, uma diarreia também indica que algo não vai bem com a sua saúde e as causas precisam ser levadas ao médico e investigadas, incluindo até a informação de quantas vezes ao dia uma pessoa vai ao banheiro. Os dois problemas, aparentemente opostos, podem aparecer de maneira intercalada, indicando sinal de perigo.

Prisão de ventre e diarreia ao mesmo tempo

Especialistas considera normal ir ao banheiro entre 3 vezes ao dia até 3 vezes por semana. Se esta frequência não condiz com seu cotidiano e você sente prisão de ventre e diarreia ao mesmo tempo, cólicas constantes, excesso de gases ou sensação de estufamento, pode então está enfrentando alguma condição de saúde que precisa ser identificada.
Após uma consulta médica, exames clínicos podem ajudar a descobrir se a pessoa sofre dedoença celíaca, câncer no intestino, intolerância à lactose ou retocolite. Se todas as alternativas forem descartadas, o mais provável então é que o paciente tenha síndrome do intestino irritável.

O que é síndrome do intestino irritável?

Publicidade
Por não se tratar de uma doença, mas sim de uma síndrome, ou seja, um conjunto de sintomas, a condição nem sempre é descoberta com facilidade e costuma ser diagnosticada somente após afastadas as chances de outras doenças.
A síndrome do intestino irritável está relacionada a alterações da flora intestinal, ao estresse, aos neurotransmissores (em grande parte produzidos pelo intestino) , entre outros fatores, mas não é possível identificar defeito anatômico, fisiológico, químico ou de qualquer ordem que cause o problema.
Como cada pessoa reage de maneira diferente à síndrome, o tratamento pode variar bastante, de acordo com a natureza e intensidade do problema. Além de alguns medicamentos específicos, quem sofre com a condição precisará alterar hábitos alimentares e até tentar um controle do estresse e ansiedade para reduzir as chances de crises no futuro.

ESCRITO PORCLAUDIA BORGES 
Foto de Claudia Borges