8 temperos que ajudam a diminuir o sal nas refeições

8 temperos que ajudam a diminuir o sal nas refeições


ingestão descontrolada de sal pode acarretar muitos problemas para a saúde, como pressão alta e edemas. Devemos consumir no máximo 4g de sal por dia, o que equivale a 2 colheres de café rasas. "Cuidado com alimentos ricos em sódio como embutidos, enlatados, conservas, sopas e temperos prontos. No mercado, as vezes temos produtos extremamente parecido, mas quando olhamos nos rótulos, são extremamente diferentes. Prefira aqueles com quantidades abaixo de 100mg", aconselha a nutricionista Paula Castilho.
Existem alguns substitutos do sal que podem trazer muitos benefícios para sua saúde. Temperos como alho, salsa, coentro, cebola, cebolinha, manjericão, tomilho, orégano, limão, louro, podem ser excelentes ideias. Confira como adicioná-los às suas receitas!

Temperos para diminuir o consumo de sal

Alho: clareia a voz nas rouquidões, remove mucos e pigarros. Na gripe, ajuda a eliminar secreções respiratórias e induz a sudorese, diminuindo a febre, fermífugo. Ajuda a prevenir a arteroesclerose e abaixar a pressão arterial. É extremamente diurético e ajuda a remover a gordura fazendo com que o organismo não a absorva completamente. Pode ser utilizado na forma de óleo, que tem recomendação de 60-100mg/ dia, ou bulbo seco, 2 a 4g, 3 vezes ao dia.
Canela: altamente estimulante, acelera o metabolismo. Indicada para  gripe, impotência, flacidez, reumatismo artrites e hematomas. Contra-indicada em casos de diarréia. A canela tem o poder de tirar a vontade de comer doce. "Uma receita para quem quer emagrecer porém não consegue abrir mão do doce é: corte ao meio uma banana na vertical, coloque um fio de mel e polvilhe com canela. Deixe no microondas por apenas 10 segundos e delicie-se", afirma Paula.
Cebola: limpa secreções respiratórias, melhora dores articulares, é antidepressiva, antioxidante e antiinflamatória. Cuidado com a cebola crua em excesso, pois podem "agredir" o estômago. Caso haja sensibilidade, use-a na forma de caldos.
Limão: tem propriedade antiinfecciosa, pode ser utilizado tanto na forma de sucos como na forma de chás. Utilizado para infecção urinária, pois cria um meio impróprio para a sobrevivência da bactéria no trato urinário.
Tomilho: antiseptico, ajuda na prevenção de problemas respiratórios, reduz o colesterol e  protege contra o envelhecimento das células. Utilize nos temperos, principalmente em alimentos consumidos crus como a salada.
Manjericão: antiviral, auxilia no tratamento de cataratas e diabetes. Acelera a cicatrização da pele e protege contra desconfortos intestinais. As folhas frescas, secas ou em pós, são tomadas após as refeições ajudar na digestão. O extrato pode ser utilizado aplicando diretamente nas lesões causadas pela acne, pois acelera a cicatrização.
Salsa: utilizada para problemas de circulação e retenção de líquidos, celulite, anemia e esgotamento físico. Acalma os distúrbios digestivos, beneficia a digestão e distúrbios da tireóide. Pode ser utilizado in natura, em forma de pastas ou em chás. Comer 3 folhas de salsa antes das principais refeições ajuda a retirar as toxinas do organismo. Na forma de pasta, pode-se fazer um patê de salsa utilizando um maço e água suficiente para que dê para bater no liquidificador e ficar na consistência adequada. Tempere com azeite e passe em pães e torradas.
Orégano: altamente antioxidante, combate o envelhecimento, antibactericida, antiinflamatório, estimulantes, alivia dores, ajuda na digestão, sedativo, diurético, expectorante.

Instituto Lado a Lado pela Vida

Tags: [temperos] [sal]