DISGEUSIA


Hoje vamos dar continuidade sobre alimentação para atenuar os sintomas do tratamento. No último artigo nós falamos sobre náuseas e vômitos e hoje vamos falar sobre a disgeusia. Essa palavrinha difícil nada mais é do que a alteração ou diminuição do paladar. Aqui vão algumas dicas para diminuir esse sintoma e melhorar a ingestão alimentar:
  • Utilize ervas aromáticas e especiarias para dar mais sabor às preparação (salsinha, cebolinha, pimenta do reino, alecrim, páprica, manjericão etc.). Caso você tenha outros sintomas como feridas na boca, não utilize esses temperos!
  • Utilize gotas de frutas cítricas (limão e laranja) para temperar saladas incrementar os sucos de frutas, a salada de frutas, a água e chás. Caso você tenha outros sintomas como feridas na boca, não utilize os cítricos!
  • Teste passar água na boca, fazendo um bochecho, antes das refeições. Isso pode ajudar a melhorar o paladar dos alimentos.
  • Sempre tente fazer as refeições na companhia da família e/ou de amigos. Refeições com pessoas que amamos são sempre mais prazerosas e nos ajudam a passar pelas dificuldades do processo.
  • Descubra os alimentos que te deem mais prazer em comer e os consuma com uma maior frequência, variando os modos de preparo.
  • Experimente fazer um azeite aromatizado. Coloque raminhos de alecrim dentro da garrafa de azeite; fica super cheiroso e dá sabor às preparações.
  • Faça várias refeições ao dia (de 6 a 8 refeições), em pequenas quantidades. É importante também respeitar e ouvir o seu corpo e flexibilizar os horário das refeições: Coma quando estiver com fome! Isso vai ajudar a aumentar o consumo alimentar.
  • Utilize talheres de plástico se os alimentos tiverem gosto metálico. Normalmente a carne vermelha acaba deixando um gosto metálico na boca quando consumida e sua ingestão se torna complicada. Substitua por frango, peixe, ovos, queijos e proteínas de origem vegetal, como as leguminosas (ervilha, feijões, grão de bico etc).
Aqui vai uma receitinha super fácil, sem carne, de torta de grão de bico com recheio de palmito. O recheio você pode variar de acordo com as suas preferências e o que tiver na geladeira! Aproveite para caprichar nos temperos:
Ingredientes da Massa:
  • 2 ½ xícaras (chá) de grão de bico cozido e com a água do cozimento
  • 1 ovo batido
  • Temperos a gosto (sal, pimenta do reino, salsinha)
  • 1 colher (chá) de fermento em pó
Modo de Preparo da Massa:
Deixe aproximadamente 200g de grão de bico de molho em água na geladeira de um dia para o outro (8 a 12 horas). Despreze essa água e cozinhe em nova água, suficiente para cobrir, por 15 minutos em panela de pressão. Essa quantidade irá render aproximadamente 2 ½ xícaras quando cozida. Coloque as 2 ½ xícaras de grão de bico junto com água do cozimento no liquidificador e bata com o ovo batido e os temperos. Coloque o fermento em pó e misture com uma colher.
Ingredientes do Recheio:
  • Azeite a gosto
  • ½ cebola picada
  • 1 dente de alho picado
  • 1 tomate picado
  • 3 colheres (sopa) de tomate pelado (com o molhinho que vem na lata)
  • Temperos a gosto
Modo de Preparo do Recheio:
Refogue no azeite a cebola e alho e acrescente os demais ingredientes. Deixei refogar por aproximadamente 15 minutos.
Montagem da Torta: Numa forma untada, coloque uma camada de massa, uma de recheio e para cobrir mais uma de massa. Leve ao forno pré-aquecido a 230º por 20 minutos.
Por: Bruna Diniz, Nutricionista, CRN-3 45820/P.