MULHER ENGORDA 40KG POR CAUSA DE 3 TIPOS DE CÂNCER E POSA NUA APÓS SUPERAR DOENÇA

Aos 37 anos, a inglesa Angelica Fenney é um modelo. Ou melhor, uma modelo. Melhor ainda, as duas coisas. É que, após 20 anos se recuperando de três tipos de câncer, ela engordou cerca de 40kg.
FOTO 1
Em vez de se queixar, comemorou o fato de ter superado as doenças, claro. Além de câncer de mama, ela teve câncer de pele e de colo do útero. Após tamanho desafio, virou um símbolo de superação ao se utilizar do ganho de peso para mostrar que a obesidade também tem sensualidade. E se tornou uma modelo.
FOTO 7
Natural de St. Helens, Merseyside, ela está em processo de recuperação e, conforme conta o jornal Mirror, tem celebrado seu corpo posando para fotos, inclusive de sua nudez, em lugares onde a natureza e o glamour falam mais alto.
Além de ter engordado por causa da doença, ela teve de conviver, segundo conta, com insultos devido à sua obesidade. Essa triste realidade também foi transformada e, com muitos amigos, ela aprendeu a acreditar que o lado bom do ser humano prevalece na maioria das pessoas.
Não é porque alguns tentaram desanimá-la que ela iria deixar de acreditar em seu potencial. Mas, para isso, primeiro era importante se recuperar. E depois disso ela viu tudo com mais clareza.
— Não estamparei mais um sorriso artificial (diante das críticas). Atravessei o furacão e cheguei ao outro lado podendo dizer que nós, mulheres, cada uma à sua maneira, deve abraçar as próprias curvas e mostrar às pessoas hostis que todas somos lindas à nossa própria maneira.
Ela quer servir de exemplo para outras mulheres, principalmente aquelas que passam por dificuldades:
— Para todas as mulheres o corpo têm curvas sensuais e estou fazendo uma sessão de fotos para mostra isso.
FOTO 6A doença, de drama se tornou um estímulo.
— Levei perto de 21 anos para finalmente aceitar o meu corpo e realmente começar a amá-lo, apesar de todos os meus sustos.
Angelica tentou perder peso de várias maneiras, mas teve dificuldades. Por fim teve de se aceitar como ela é. E agradeceu à sua amiga Angel Sinclair por ter organizado a sessão de fotos, na qual Angelica iniciou uma nova atividade.
Sua maior suspeita é o uso de tamoxifeno, substância para tratar o câncer de mama na adolescência, a levou a ter as outras doenças. Ela criou um blog para falar sobre sua recuperação e informou online o momento em que viajou para Londres para saber que estava em estado de remissão.
— Eu me sinto fortalecida, porque eu realmente não sabia sobre a minha própria coragem emocional
Diante de tudo isso, chega-se à resposta do primeiro parágrafo. Essa nova modelo é realmente um modelo. De superação.
FOTO 9FOTO 3
Fonte: R7