ESQUISITICES QUE DIZEM PARA QUEM TEM CÂNCER



É verdade que, ao ver um amigo ou familiar com câncer, muita gente não sabe o que dizer. Mas há quem ultrapasse as fronteiras do bom senso. O Instituto Oncoguia convocou seus seguidores no Facebook a contar quais foram os comentários mais desnecessários ditos durante o tratamento.
“Na fase do tratamento, abandonei atividade física, engordei e fiquei inchada com uso de corticoides, mas não tava preocupada com isso. Uma ‘amiga’ disse: ‘Você engordou muito. Não vai fazer academia, regime? Cuidado para não ser tarde demais’. Fiquei chocada. Tanta coisa para eu me preocupar e as pessoas preocupadas com meu peso.”
“’Você está ótima. Está gorda.’ Na verdade, eu estava bem inchada.”
“Eu estava na escola em que eu era diretora e estava programando uma viagem. Uma professora disse: ‘Você ainda faz planos?’”
“Falaram para mim: ‘Conheci quatro pessoas com câncer – três morreram, uma perdeu os dentes!’”
“’Fulano teve a doença e sofreu muito, morreu rápido.’ Só precisamos ouvir histórias de sucesso, de quem conseguiu a cura!”
“Você ainda está vivo? Um amigo de um vizinho teve câncer no mesmo lugar e morreu!”
“’Nossa, você tá ótima! Nem parece que está doente!’ Até parece que deveríamos estar com cara de quem esta morrendo?!”
“Tu estás tão bem que nem cara de câncer tu tens!”
“Passa rápido. Você não vai nem perceber.”
“Use uma peruca de cada cor todos os dias!”
“Você prefere usar lenço a uma peruca?”
“A frase que mais ouvi, para não se dizer a uma pessoa com câncer, foi: ‘Cabelo é o de menos’.”
“’Você fez algo para merecer isso?’ É cada coisa que escutamos…”
“Isso [o câncer] deve ser uma mágoa muito grande que tu não resolveu.”
“Conheci meu marido na época em que estava fazendo radioterapia. Quando contei para uma amiga, ela perguntou se ele gostava de mulher doente.”
“Teu câncer pega?”
“Isso é a tua sina.”
“’Se você tiver fé, você se cura.’ Teve uma época em que eu cheguei a achar que não tinha fé [devido a comentários como esse]…”
“Me perguntaram assim: ‘Como você está se sentindo sem suas mamas?’ Fiz mastectomia e recebo uma pergunta dessas.”

Fonte: Catraca Livre