Dica da Nutri: Crepioca

Já faz tempo que a Tapioca é ingrediente assíduo na dieta das brasileiras – aliás, ela já era descrita em cartas enviadas a Portugal no início da colonização. Ao contrário dos pães e biscoitos, a goma de tapioca é feita apenas de fécula de mandioca – não possuindo gorduras, glúten ou sódio – sendo uma substituta perfeita para eles!
Mas a massa da tapioca em si é bastante sequinha, o que pode ser desconfortável para quem está com a mucosa da boca sensível durante o tratamento de câncer. Por isso, uma opção muito gostosa e nutritiva é fazer um crepe de tapioca – a famosa Crepioca.
Crepe sem farinha? Sim, ele existe! Fonte: Pra se inspirar
A receita turbinada com ovo ganha mais proteínas graças aos benefícios da clara, que é rica no nutriente e, por isso, pode ajudar a recuperar os músculos e favorecer o ganho de massa magra – que pode diminuir por causa da quimioterapia. Ela ainda possui vitaminas do complexo B, potássio e ferro, aumenta a saciedade, melhora a disposição e a concentração, além de ser aliada para acabar com a flacidez da pele, uma vez que estimula a produção decolágeno pelo organismo.
Fazer a Crepioca é muito simples: basta misturar duas colheres de goma de tapioca (dessas que se compra no supermercado mesmo, vem em uma embalagem de 500g) com um ovo cru(de preferência orgânico). Misture bem, até ficar uma massa homogênea e espalhe em umafrigideira, como você faria com um crepe normal ou panqueca – se a frigideira for antiaderente, não precisa untar com óleo.

O mais bacana da Crepioca é que, assim como a panqueca, você pode escolher recheios doces ou salgados – e ir variando conforme seu paladar estiver. Algumas sugestões são:queijo minas, tomate e orégano; frango desfiado com cebola e queijo cottage; berinjela, abobrinha, cenoura e tomate refogados; banana esmagadinha com mel; maçã raspadinha com canela… Você também pode, com a ajuda de um mixer, adicionar espinafre, cenoura ou couve às massas salgadas, e mel, açúcar demerara ou chocolate em pó (não achocolatado, hein?!) às massas doces. No caso de recheios refogados ou cozidos, prepare-os em outra panela, e despeje na frigideira quando a crepioca já estiver com aspecto de pronta.
Com o tempo você fica craque na arte de inventar recheios!
Gostaram? É uma ótima opção para variar o cardápio e tirar umas férias dos pães! Se você tiver outras sugestões de recheios, compartilhe conosco para inspirar outras pessoas!


Nutri Fernanda Bortolon